Friends link: enter windows 8 activation key windows 8 download product key windows anytime upgrade key

Inter&Ação Desenvolvimento Humano

Interação nas Redes Sociais Blog Twitter Facebook

A Importância das competências essenciais para o desenvolvimento organizacional.

Estudar sobre competências e adequa-las para a compreensão de cenários empresariais e aplicação de melhores práticas possibilita vislumbrar saídas que exigem habilidades, atitudes e conhecimento congruentes a cada realidade.

Para introduzir o conceito de competência, Rocha e Salles (2005) consideram a capacidade de combinar, misturar e integrar recursos tangíveis (exemplo: infra-estrutura ou recursos financeiros) e recursos intangíveis (exemplo: capital humano e a cultura da organização) em produtos e serviços. Os autores mencionam que há a discussão da existência de estudos que tratam da apreensão de competências pelos gestores e que se dividem naqueles que focam o individuo e aqueles que focam o coletivo. Na perspectiva do coletivo, as competências são discutidas em termos de competências distintivas da organização ou competências essenciais, envolvendo além das pessoas os diversos sistemas e rotinas das empresas.

Conforme Ruas (2004), pode-se observar duas dimensões da competência, uma é a estratégia das organizações, importante para o desenvolvimento da competitividade e a outra a prática de gestão de pessoas.

E existem duas vertentes teóricas para explicar a competitividade no contexto da estratégia organizacional, a de Posicionamento Estratégico, modelo desenvolvido por Porter (1989), “A lógica do posicionamento da firma na indústria expressa uma adaptação externa, na qual a escolha da estratégia correta permite à firma adaptar-se à estrutura da indústria”(Leite e Porsse, 2003).

A outra é a Gestão Estratégica Baseada em Recursos, por essa vertente a competitividade é resultante não só de oportunidades no ambiente, mas também dos recursos organizacionais internos. (Lima e outros, 2007).

De acordo Fleury e Fleury (2003), o conceito desenvolvido por Prahalad e Hamel, (1990), define que competência essencial (core competence) são recursos intangíveis caracterizadas em:
• relação aos concorrentes são difíceis de ser imitados;
• relação a mercado e clientes são os recursos essenciais para que empresa possa promover produtos/ serviços diferenciados;
• relação ao processo de mudança e evolução da própria empresa são o fator fundamental da maior flexibilidade que permite a exploração de diferentes mercados.

Conforme Prahalad e Hamel,(1995 apud Rocha e Sales, 2005), as competências essenciais que mantêm o sucesso da empresa são o conjunto de tecnologia, habilidades e capacidades. E para desenvolver a competência essencial a longo prazo, Fleury e Fleury (2003) ressaltam a necessidade de um processo sistemático de aprendizagem e inovação organizacional.

Há algo que noto nas empresas que tenho atuado é a dificuldade que Ruas (2005) apresenta em sua análise sobre a articulação das competências com a estratégia, constatou-se que a interação estratégica “que é sustentada de fato por um processo de priorização, definição, caracterização e legitimação de competências organizacionais” (2005) é algo de fácil compreensão por parte das pessoas, entretanto há dificuldades na interação operacional, que compreende a transição entre as competências organizacionais e as atividades do dia-a-dia.

Outro dado apresentado por Ruas (2005), e que reforça a situação acima mencionada; é a pesquisa realizada por Pires e Marcondes (2004), ela aponta que executivos de um setor financeiro têm clareza dos conceitos de competência essencial, eles não têm clareza em como convertê-las com as competências individuais. Ou seja, da teoria para a prática há um desafio a ser superado.

“A constante evolução das competências da empresa permite o sistemático refinamento e reformulação da estratégia competitiva e, a partir desta, são identificadas novas orientações para a formação das competências. A manutenção da relação dinâmica entre estratégia e competência é o principal objetivo dos processos de aprendizagem.” (FLEURY E FLEURY, 2003)

Constatações como estas reforçam a importância em intensificar os processos de aprendizagem organizacional nas empresas. (Leite e Porsse, 2003, apud Argyris e Schon, 1978). E assim fazer uso das potencialidades que as competências proporcionam em ambientes que favoreçam o acompanhamento das mudanças que agem no cenário atual.

Referência Bibliográfica

FLEURY, Afonso C.C. e FLEURY. Maria T. L. Estratégias competitivas e competências essências: perspectivas para a internacionalização da industria no Brasil, 2003. Disponível: < http://www.scielo.br/pdf/gp/v10n2/a02v10n2.pdf>. Acesso em: 25fev, 2010.

LEITE, João B. D. e PORSSE, Melody de Campos S.Competição baseada em competências e aprendizagem organizacional: em busca da vantagem competitiva. Revista Administração Contemporânea. Curitiba, 2003. Disponível em: < . acesso em 27jan, 2010.

LIMA, Suzana M. V. e outros. Metodologia de avaliação de necessidade futura de competências essenciais em organizações de P&D, com base no processo de geração do conhecimento.São Paulo, 2007. Disponível em:
< http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/rpot/article/viewPDFInterstitial/1924/5411>. Acesso em: 03fev, 2010.

ROCHA, Eduardo P. e SALLES, Jose Antônio A. Competências e a gestão de pessoas. Ver. Adm. CREUPI. São Paulo, 2005. Disponível em:
. Acesso em: 03fev, 2010.

RUAS, Roberto e outros. O conceito de competências de A à Z- análise e revisão nas principais publicações nacionais entre 2000 e 2004. 2005. Disponível em: . Acesso em: 29jan, 2010.

» Veja mais

Artigos

Projeto Academia de Líderes Prol Editora Gráfica Programa de Capacitação de Lideranças
Projeto Academia de Líderes Prol Editora Gráfica Programa de Capacitação de Lideranças...
Leia mais




Cursos Abertos

Os Cursos Abertos da Inter&ação são voltados para pessoas que buscam tanto o crescimento pessoal quanto profissional.

Embasados em atividades lúdicas e em grupo os cursos se desenrolam de uma maneira muito interessante atingindo sempre seus objetivos principais, fazendo com que os participantes possam interagir em si e desenvolver suas habilidades de liderança.

Venha fazer parte de um de nossos cursos, consulte as datas em nossa Agenda de Cursos Abertos